Como uma má gestão de custos pode afetar a margem de lucro da sua empresa?

despesas externas Fev 14, 2018

Ao realizar a gestão de custos de uma empresa, é preciso prestar atenção nos detalhes. Muitas vezes, é na ignorância deles que residem os maiores riscos. Além disso, mais do que a atenção em si, a precisão nos cálculos das despesas a serem faturadas também será de extrema importância, visto que um único erro afetará o resultado do balanço de caixa e da sua margem de lucro.

E é aqui que mora o perigo. Ao obter uma visão incorreta dos resultados financeiros da sua empresa, você não conseguirá atingir a verdadeira margem de lucro estipulada pelo plano de negócios da organização.

Seja nas finanças pessoais, ou nas empresariais, é preciso saber exatamente quanto e quais gastos foram realizados em determinado período. Só assim você poderá identificar maneiras de gerir os custos com mais qualidade, ou seja, reduzir as despesas extras e otimizar o orçamento disponível.

Se você é a pessoa responsável pelo gerenciamento das despesas corporativas da sua empresa, confira abaixo quais são os maiores riscos que uma organização pode ficar exposta, caso a gestão dos custos não seja realizada de forma processual e padronizada.

Maiores complicações decorrentes de uma má gestão de custos

Uma gestão de custos que não se baseia na análise real de dados** **pode causar grandes problemas para uma empresa. Isso quer dizer que, por mais que as finanças não sejam uma área exata, é por meio da exatidão de dados que você irá conseguir avaliar o desempenho e a saúde financeira da sua empresa. E essa não será a única complicação.

Redução no volume de vendas

Ao mesmo tempo em que você pode turvar a visão estratégica dos gastos que realmente são verdadeiros para a sua empresa, uma gestão de custos não padronizada pode causar uma redução no volume de vendas, e eu vou explicar o porquê. Ao não obter uma gestão parametrizada, ou seja, feita de modo processual, você não conseguirá realizar projeções assertivas das finanças da sua empresa, seja no médio ou longo prazo.

Além disso, ao não criar processos definidos de gerenciamento de custos, as finanças serão fechadas de modo diferente de um mês para o outro. O segredo para um crescimento consciente, e alinhado com as finanças da sua empresa, é obter uma padronização e previsão controlada dos custos. De forma resumida, é não dar o passo maior do que a perna. E, por mais que isso não reduza o volume das suas vendas de um mês para o outro, ela pode estar afetando a escalabilidade comercial do seu negócio, o que não deixa de ser uma perda.

Aumento de despesas irreais

Existem algumas despesas que são realmente intrínsecas do modelo de negócio de uma empresa. Uma indústria farmacêutica, por exemplo, tem como despesa fixa a compra de insumos farmacêuticos para a produção dos remédios, as despesas com maquinário e mão de obra, assim como as contas de energia, água, gás e locação, que são comuns a qualquer empresa

Porém, muito além dessas despesas reais, existem as chamadas despesas irreais, que são resultado de uma atividade comum em departamentos financeiros: o arredondamento de contas. Vamos supor que a mesma indústria farmacêutica possui uma equipe de representantes comerciais que realizam visitas aos centros de distribuição das redes de farmácias varejistas. Ao realizar o arredondamento das despesas desses funcionários em cada uma das visitas, seja com o transporte, alimentação ou hospedagem, eu irei gerar um aumento irreal dos custos da companhia.

Mesmo que o arredondamento de notas fiscais a serem faturadas seja para menos, o erro não perde a sua complicação. Pois, ao lançar um valor menor do que o gasto, você estará dando uma visão irreal das despesas corporativas da sua empresa. E isso é algo muito comum na gestão de custos com equipes externas.

Como otimizar sua gestão de custos com equipes externas?

Para evitar esses tipos de falha, e otimizar a sua administração, é indispensável que você crie diretrizes para uma política de gestão de custos. Seguir essas regras tornará sua gestão mais eficaz e, consequentemente, aumentará a margem de lucro, uma vez que os recursos que antes eram “perdidos”, poderão ser utilizados como investimento.

Portal RDV

Assuma o controle no processo de reembolso das despesas corporativas!